O eterno ícone do tango

ARTS QA - POR MONSIEUR SERIN

ENCANTOS DA MÚSICA POPULAR

CARLOS GARDEL – O ETERNO ÍCONE DO TANGO

Charles Romuald Gardés, o consagrado Carlos Gardel, foi o mais famoso dos cantores de tango da história. A data e o local de seu nascimento causam polêmicas até hoje. Alguns pesquisadores afirmam que Gardel teria nascido no ano de 1890, em Tacuarembó, interior do Uruguai e outros sustentam que ele nasceu na cidade francesa de Toulouse, em 1887. Gardel era arredio sobre o tema e quando indagado dizia: "Nasci em Buenos Aires aos dois anos e meio de idade". Chegou em Buenos Aires com sua mãe, procedente de Bordeaux (França), em 1893.

Iniciou-se como cantor ainda jovem, adotando o nome artístico de El Morocho, apresentando-se em cafés dos subúrbios da capital argentina. Sua primeira interpretação formal se deu no Teatro Nacional da Avenida Corrientes, no qual também se apresentava Don José Razzano, com quem passou a formar uma profícua parceria por vários anos, até 1925.

Gardel seguiu arrebatando plateias nacionais e internacionais, tornando-se um mito eterno.

Faleceu em 1935, aos 44 anos, num desastre de avião, durante uma turnê em Medellín, na Colômbia.

De seu vasto repertório que emocionou multidões, posso citar algumas de suas interpretações mais famosas: "Mi Buenos Aires querido", "Por una cabeza", "Volver", "El día que me quieras", La Cumparsita, Caminito e Adios Muchachos.

Selecionei “Caminito”, “Adios Muchachos” e “El dia que me quieras”, que também poderão ser curtidas aqui no site.






Posts Em Destaque
Teremos posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags