O Oscar mais justo dos últimos anos

ARTSQA - CINEMA

POR DALMO PRÓSPERO

O OSCAR MAIS JUSTO DOS ÚLTIMOS ANOS

Hoje, como não podia deixar de ser, vamos falar do Oscar. Ontem foram entregues as estatuetas aos melhores do cinema de 2020. Fazia 20 anos que meu filme preferido não ganhava o Oscar de melhor filme. Essa situação começou a mudar no ano passado quando meu favorito (Parasita) ganhou como melhor filme, direção e filme internacional e se confirmou esse ano com a vitória de "Nomadland" com os prêmios de melhor filme e direção.

Como era esperado, o filme dinamarquês "Druk - Mais Uma Rodada" (também meu favorito) ganhou como melhor filme internacional. O ótimo desenho "Soul" ganhou como filme de animação e "Professor Polvo" foi escolhido como melhor documentário (embora minha escolha fosse "Collective).

As escolhas de roteiro foram perfeitas: "Bela Vingança" como roteiro original e "Meu Pai" como roteiro adaptado. Também eram esperadas as vitórias dos coadjuvantes Daniel Kalluya ("Judas e o Messias Negro") e Youn Yuh-Jung (Minari), ambos excelentes.

Eu não esperava pelas vitórias de Frances McDormand ("Nomadland") e Anthony Hopkins ("Meu Pai") embora os considerasse os melhores do ano e fiquei muito feliz com os resultados. Ambos já tinham recebido o Oscar, sendo que ela tinha recebido o segundo Oscar há pouco tempo atrás. Na categoria de ator eu acreditava que fossem homenagear Chadwick Boseman falecido no ano passado, mas felizmente prevaleceu o fator qualidade, pois o desempenho de Anthony Hopkins realmente é uma das coisas mais impressionantes que já vi no cinema.

Os prêmios técnicos e musicais também foram muito justos e merecidos. A festa transcorreu bem, sem muito do glamour habitual, porém dentro do possível e condizente com o momento que vivemos.

Foi triste ver a Glenn Close perder o Oscar pela oitava vez, igualando o recorde de Peter O'Toole, mas creio que ela terá grandes chances de vencer como melhor atriz no ano que vem pelo papel incrível de Norma Desmond na adaptação musical do filme "Sunset Boulevard" pelo qual ela já ganhou inúmeros prêmios na Broadway.

Agora é esperar pela reabertura das salas de cinema e procurar ver todos os filmes premiados, e também os indicados pois, apesar de todas as dificuldades, creio que tivemos um bom ano de cinema.



Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon

Q u a r t i e r   d e s   A r t s 

c o n f r a r i a  c u l t u r a l