Orquestra, família mais que afinada!



Que maravilha é a experiência de ouvir uma orquestra! O som formado por instrumentos diferentes, alguns conhecidos nossos e outros nem tanto, nos proporcionam emoção indescritível. Este é um grande exemplo de como na vida, a beleza está na diversidade.


Muitas vezes vamos a um teatro e nos perguntamos: a orquestra foi sempre assim? Como ela nasceu? Por que existem alguns instrumentos que estão em maior número? Qual a diferença entre orquestra filarmônica e sinfônica?

Essas e muitas outras perguntas serão esclarecidas no módulo orquestra do Desvendando, pouco a pouco...


Hoje quero iniciar comentando com vocês que a orquestra foi se formando por etapas, acompanhando o aperfeiçoamento técnico dos instrumentos musicais. Começou sua organização a partir de 1600, no período Barroco, sendo que os primeiros instrumentos a entrarem na orquestra de forma organizada em naipe, foram as cordas.

Eles são os primeiros instrumentos que você enxerga no palco e ficam fáceis de identificá-los, pois todos possuem um arco que o músico desliza sobre suas cordas e também porque são muito parecidos entre si, mudando apenas o seu tamanho.

São eles:

Violino - todos nós identificamos

Viola - igualzinho ao violino, só que um pouco maior

Violoncelo - aquele em o músico coloca o instrumento entre as pernas

Contrabaixo - o maior deles, onde o músico toca sentado em um banco alto ou em pé


É importante saber, que quanto maior o instrumento, mais grave será o seu som. Quanto menor, é claro, mais agudo o seu som. Isto vale para todos os instrumentos musicais que existem!


Escolhi para vocês hoje, um exemplo onde poderão ver toda a família das cordas. É a obra “Adagio” ( nome que se dá ao andamento de música bem lenta) do compositor italiano Albinoni (1671-1751).





O LIGNE DES ARTS QUARTIER - MÚSICA,


É um projeto inédito, criado pelo Quartier des Arts.

Sob a batuta da especialista Clarice Miranda, o objetivo é trazer a todos um amplo e compartilhado processo de imersão na música clássica através conhecimentos que facilitarão um maior aproveitamento desta arte tão especial.



A partir de agora, passamos publicar todas as quartas, de manhã!



E, além disso há uma LINHA DIRETA, com nossa especialista que estará disponível para responder perguntas, discorrer sobre os assuntos abordados e também resolver dúvidas sobre música de forma geral.


As perguntas poderão ser inseridas nos posts com as chamadas para o Ligne des Arts em nosso grupo do Facebook e também, diretamente pra ela, na parte final dos encontros on-line de música Clássica, com Clarice Miranda.


.


CLARICE MIRANDA

Educadora musical, musicoterapeuta, soprano, letrista e compositora. membro da academia de cultura de Curitiba, atuou como solista em diversos grupos vocais,gravou participações com a orquestra sinfonica de berlim, música com letra de sua autoria.

Ministrou palestras e cursos regulares nos seguintes lugares: casa de cultura solar do rosário, em Curitiba; centro paranaense feminino de cultura em Curitiba, centro cultural Banco do Brasil em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília; todas as capitais brasileiras, através do circuito cultural do Banco do Brasil; Miami, para comunidade brasileira.

Publicou os seguintes livros: Formação de Plateia em Música - Cultura Musical para Todos. Desvendando a Orquestra - Formando Plateias do Futuro. Finalista do prêmio Jabuti; coleção com dois volumes: A História da Música e sua Relação com as Outras Artes e Instrumentos Musicais. Finalista do prêmio jabuti; coleção Desvendando: canto coral, banda e fanfarra e orquestra; Conhecendo a Orquestra e o Maestro; Orquestra: histórico, Regência e Instrumentos. e hoje é curadora da orquestra Ladies Ensemble e consultora musical do auditório Regina Casillo, em Curitiba.




grupoquartierdesarts@gmail.com


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon

Q u a r t i e r   d e s   A r t s 

c o n f r a r i a  c u l t u r a l