SALA SÃO PAULO, UM MONUMENTO À MÚSICA CLÁSSICA

Saudações Musicais, queridos Quartiers!



Dia 9 de julho de 1999, representa um marco na história da música clássica no Brasil.


Parece que foi ontem, mas pouco mais de 20 anos, recebi um convite, daqueles totalmente surpreendentes! O convite veio de uma aluna de muitos e muitos anos, Nídia Covas, a única irmã do governador Mario Covas. Ela sabia que eu acompanhava com muita expectativa e imensa curiosidade a inauguração da Sala São Paulo. Semanas antes, perguntou se aceitaria vir para este importante dia. Foi inesquecível o que senti! Quase morri de alegria!

Quando entrei na imensa sala, a minha emoção foi indescritível, tal o impacto da beleza do espaço. Tive que me beliscar para acreditar estar ali! Sério!


A obra escolhida para a ocasião, foi a “Sinfonia No2 “ do compositor Austro-Húngaro Gustav Mahler (1860-1911), conhecida como Sinfonia da Ressureição. Esta sinfonia, propõe responder a seguinte pergunta: “Por que se vive? “.


Nela é questionada a morte, a vida, a fé a esperança, nossa existência e destino, e as dúvidas quanto ao Juízo Final. No último movimento, ocorre a ressureição, na forma imaginada por Mahler.


Simbolicamente relata a derrota da morte e a redenção final do ser humano, após ter passado por um período de incertezas e agruras.


A feliz escolha desta sinfonia, simbolizou a resposta das lutas travadas por todos os envolvidos na construção da Sala São Paulo, e a redenção de ter o papel transformador nos cenários nacional e internacional.


A sala possui 1498 lugares, 22 camarotes, a primeira sala de grande porte construída especialmente para concertos no Brasil, onde até então, tínhamos teatros de ópera ou palcos multiuso.


Uma das novidades, foi a de possuir 15 imensas placas no teto, pesando cerca de 7,5 toneladas cada uma, que literalmente “afinam” a sala, podendo nela se apresentar com a mesma excelente acústica, uma grande orquestra, ou recital de voz e piano, por exemplo.

Com a alteração do posicionamento de cada uma delas, o volume sonoro tem uma flexibilização para cada apresentação, sendo o único teatro no mundo a possuir este mecanismo.


A excepcional qualidade acústica da Sala São Paulo, não se dá apenas pelo forro com estas incríveis placas móveis. Outros fatores muito importantes e exaustivamente estudados para isso são: a disposição dos balcões, o desenho da frente dos balcões, o posicionamento do palco, a inexistência de carpetes ou cortinas, a espessura da madeira do palco, o desenho das cadeiras, o tecido escolhido para elas, as irregularidades da arquitetura entre muitos outros fatores técnicos.

Hoje é comparada a muitas salas nos Estados Unidos ou da Europa mundialmente conhecidas, como A Symphony Hall de Boston, a Musikverein de Viena e a Concertgebouw de Amsterdã.


Viva a Sala São Paulo !!


Escolhi para este post, um documentário maravilhoso, que fará você ficar por dentro da complexa construção da Sala São Paulo, com todos os detalhes cuidadosamente elaborados.




O LIGNE DES ARTS QUARTIER - MÚSICA




É um projeto inédito, criado pelo Quartier des Arts.

Sob a batuta da especialista Clarice Miranda, o objetivo é trazer a todos um amplo e compartilhado processo de imersão na música clássica através de conhecimentos que facilitarão um maior aproveitamento desta arte tão especial.







As publicações ocorrem todas às quartas, de manhã!







E, além disso há uma LINHA DIRETA, com nossa especialista que estará disponível para responder perguntas, discorrer sobre os assuntos abordados e também resolver dúvidas sobre música de forma geral.




As perguntas poderão ser inseridas nos posts com as chamadas para o Ligne des Arts em nosso grupo do Facebook e também, diretamente para ela, na parte final dos encontros on-line de música Clássica.








CLARICE MIRANDA

Educadora musical, musicoterapeuta, soprano, letrista e compositora, membro da academia de cultura de Curitiba, atuou como solista em diversos grupos vocais, gravou participações com a Orquestra Sinfônica de Berlim, música com letra de sua autoria.

Ministrou palestras e cursos regulares nos seguintes lugares: Casa de Cultura Solar do Rosário, em Curitiba; Centro paranaense feminino de cultura em Curitiba, Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília; todas as capitais brasileiras, através do circuito cultural do Banco do Brasil; Miami, para comunidade brasileira.

Publicou os seguintes livros: Formação de Plateia em Música - Cultura Musical para Todos. Desvendando a Orquestra - Formando Plateias do Futuro. Finalista do prêmio Jabuti; coleção com dois volumes: A História da Música e sua Relação com as Outras Artes e Instrumentos Musicais. Finalista do prêmio jabuti; coleção Desvendando: canto coral, banda e fanfarra e orquestra; Conhecendo a Orquestra e o Maestro; Orquestra: histórico, Regência e Instrumentos. e hoje é curadora da orquestra Ladies Ensemble e consultora musical do auditório Regina Casillo, em Curitiba.










grupoquartierdesarts@gmail.com


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon

Q u a r t i e r   d e s   A r t s 

c o n f r a r i a  c u l t u r a l