CONVITE.jpg

Adriana Varejão na Pinacoteca

XL ATIVIDADE DE ARTE 
VISITA PRESENCIAL MONITORADA
TEMA: "Adriana Varejãp na Pinacoteca"
DATA: 19 de maio, quinta-feira
HORÁRIO: 11h00 às 12h30
ESPECIALISTA: IARA FREIBERG

LOCAL: PINACOTECA DE SP

Praça da Luz 2, São Paulo, SP , 1º andar e Octógono 


 

A Pinacoteca de São Paulo apresenta a Mostra “Adriana Varejão: Suturas, fissuras, ruínas”, considerada a mais abrangente já realizada sobre o trabalho da artista, reunindo, pela primeira vez, um conjunto significativo de mais de 60 obras, desde 1985 até 2022.

Pinacoteca: Praça da Luz, 2 - Luz, São Paulo – SP

Nossa especialista Iara Freiberg que também é artista plástica, irá conduzir a visita salientando aspectos fundamentais das obras expostas e características desta proeminente artista brasileira.

Obs. O ponto do encontro será na Pinacoteca (mais detalhes serão enviados às inscritas) - os ingressos estão inclusos.

O valor para a inscrição deste evento é :

R$ 250,00 - para Quartières Trésor

R$ 265,00 - para Quartières Avant Garde

R$ 280,00 - para Quartières e convidadas

 

Vagas Limitadas

 

Quartière Trésor  - Caso ainda não tenha seu código, entre em contato com Rita Lobo.  

Ainda não é Trésor?  Clique aqui para saber como aderir.

 

​​Para efetuar a sua inscrição,  clique no botão abaixo:

IARA FREIBERG
Mestre em Poéticas Visuais na ECA-USP. É artista plástica e seu trabalho autoral se caracteriza por desenvolver intervenções intrinsecamente ligadas à arquitetura e às relações com o espaço e seus desdobramentos. Sua pesquisa se baseia em conceitos relativos aos espaços públicos e privados estreitamente conectados à percepção humana. Desde 2002, participa de exposições coletivas e individuais dentro e fora do Brasil.
Desde 2012, dá aulas de história da arte e ministra cursos práticos de desenho, instalação, intervenção, arte no espaço público, e coordena laboratórios de acompanhamento de artistas. Trabalhou no Museu de Arte Moderna de São Paulo, no Paço das Artes (São Paulo) e na Fundação Proa (Buenos Aires), e colaborou com instituições brasileiras como a Fundação Bienal de São Paulo, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Instituto Tomie Ohtake, Museu Oscar Niemeyer (Curitiba) entre outros.